Roller Disco

Comentários 2 Padrão

Pense em um lugar que você possa se divertir, badalar, tendo os anos 80 de volta, com músicas, roupas e maquiagens a caráter e ainda por cima andar de patins? Pensou? Pois bem, esse lugar existe e se chama Roller Disco.

Localizada em Vauxhall, a balada que acontece de quinta a sábado é uma ótima opção para quem procura se divertir de maneira diferente.

01

386

Ao som de grandes nomes que marcaram época como Michael Jackson, Cyndi Lauper, Queen, Whitney Houston e tantos outros, o clima entre brincadeira, diversão e muitos, mas muitos tombos nas pistas tornam-se contagiante.

08

05

O ambiente que possui duas pistas de patinação agrada desde os iniciantes/ aprendizes, movidos a era do rock com instrutores até os profissionais ao som de house e eclectic. Sem contar os espaços (mesas e sofás) destinados às festas e despedidas de solteiros.

03

Só meu marido para ajudar na escolha dessa make! kkkkkk

06

07

O preço do aluguel dos patins já está incluso no ingresso, mas, se você preferir, levando-os caso você tenha, ganha-se desconto. Frisando que o ambiente só tem os modelos rollers e não os in line.

Para mais informações sobre a Roller Disco é só acessar o site. Agora se você for mais visual não deixe de assistir o vídeo abaixo.

Uma pizza tamanho grande

Deixe um comentário Padrão

Se você conseguir imaginar um restaurante italiano, cujo, dono é português, os funcionários brasileiros e italianos e a música cigana (descrição do meu amigo, melhor impossível), você está preparado para conhecer o Al Forno.

Localizado na região de Wimbledon, o restaurante é famoso não só por sua boa comida, mas sim, pelo tamanho dos pratos quando são pedidos no tamanho grande.

Por isso, se sua fome não for de dragão, tenha cuidado com o tamanho a escolher.

Afinal, pensa em uma pizza grande?

Conseguiu imaginar?

Sinceramente, eu não acreditava que este tamanho existia, até presenciar com os meus próprios olhos.

Mas, como estávamos na comemoração de um aniversário e a galera com uma fome de doido, as pizzas sumiram rapidinho das tábuas. Claro, que sendo massa fina ajudou e muito.

E mesmo a galera estando empanturrada no final, quem resiste a um bolo de aniversário?

Êita gula desenfreada!

Blues em Londres

Deixe um comentário Padrão

Blues???

Hã?

Sinceramente, se me perguntassem o quanto eu entendo de Blues, minha resposta é nada! Porque sinceramente, Blues só ouvi em alguns filmes americanos e olhe lá.

Mas, como nunca é tarde para aprendermos coisas novas, porque não aproveitar o aniversário de uma amiga querida e ir ao um bar de Blues em Londres?

Localizado no Soho, o Ain’t Nothin But é considerado um dos melhores bares de Blues da Inglaterra.

Confesso, que se você for pelo tamanho do local, se decepcionará logo na porta  – é minúsculo! Mas, a música e a animação são super contagiantes. Impossível ficar parado! Ainda mais, se você estiver cercado de amigos e deixar o som te levar…

Super aprovado!

Dançamos do início ao fim (08h30min – 02h30min) e ainda depois, tivemos pique para andar pela cidade e pararmos no primeiro chinês “xing ling” para forrar os estômagos – Hung’s Chinese Restaurant.

Arrisca tradução na coluna da esquerda?

Claro, o resultado não poderia ter sido dos melhores para alguns no dia seguinte, mas isso já é outra história…

Noodles com camarão, para não ter erro

Saint Patrick’s Day

Deixe um comentário Padrão

A maior festa de celebração irlandesa é sem dúvida, o dia do seu padroeiro – Saint Patrick’s Day (São Patrício).

Normalmente, comemorado no dia 17 de Março (depende do calendário da igreja), pelos países de língua inglesa, a festa no passado celebrada apenas com cerveja, cresceu, tornando-se feriado público no ano de 1903.

Atualmente, desde o dia 17 de Março de 1996, o primeiro “Saint Patrick’s Festival” foi realizado. No ano seguinte, o evento durou três dias e em 2006 o festival chegou a marca de cinco dias.

Nestes dias em Dublin, as comemorações entram madrugadas a dentro. Com as pessoas celebrando com cerveja (geralmente Guiness, marca irlandesa), fazendo longas caminhadas, e havendo até um desfile e carnaval para a animar a festa. Que em geral, tem seus participantes vestidos de verde e com os rostos pintados com trevos (três folhas).

Porém, toda essa simbologia tem uma explicação, relacionada a vida e história de Saint Patrick’s.

Nascido na Bretanha Romana (segundo livros), com pai e avô diáconos na Igreja, Saint Patrick’s com dezesseis anos, foi raptado por piratas e levado como escravo a Irlanda. No cativeiro, segundo sua confissão, Deus lhe disse, para fugir e retornar a Bretanha.

Quando retornou, entrou em um mosteiro e anos depois, como bispo no séc IX d.C, passou a evangelizar os irlandeses. Com isso, incluiu em seus metódos, o trevo de três folhas para explicar a Santissíma Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo).

Após mais de trinta anos de evangelização, Saint Patrick’s faleceu.

No entanto, seu reconhecido e metódos são proclamados até hoje. Tendo um importante papel para a Igreja Católica e ser considerado por muitos o fundador da religião no país.

Pub irlandês em Londres

Por tudo isso, além do verde ser considerado a cor da primavera na Irlanda (considerada ilha verde) e ser a cor do trevo, as pessoas mantém essas tradicões até hoje, passadas de gerações para gerações.

No caso das crianças, por exemplo, em idade da pré-escola, elas mantém a tradição de beslicar os coleguinhas, caso eles não usem a cor verde neste dia.

PS: Nada mais original com isso, estando fora da Irlanda do que comemorar em um pub irlandês com vários irlandeses.