País de Gales – Cardiff

Deixe um comentário Padrão

O País de Gales (terra do dragão), juntamente com a Irlanda, a Escócia e a Inglaterra, formam o famoso Reino Unido. Gales (em galês Cymru e inglês Wales), quer dizer estrangeiro em raiz germânica, e têm como capital Cardiff, que está localizada a três horas de Londres.

Cardiff é considerada a uma das cidades mais nova da Europa e se destaca também, por ser uma das cidades com mais área verde do Reino Unido. Isto sem falar, que no século passado, era o porto mais ocupado de carvão do mundo.

O país que sofreu com invasões e guerras devido sua posição geográfica ser desprivilegiada,  tem como resultado, hoje, o acumulo de histórias, o fortalecimento de uma cultura ímpar, duas línguas oficiais (galês e o inglês), paisagens e natureza de fazer inveja. Sem contar, a quantidade de castelos espalhados pelo país, graças ao rei Edward I.

Edward I, também foi o responsável pela origem do título – Príncipe de Gales. Título este, que surgiu no séc. XIII em meio a uma guerra no país. E afim, de controlar a população, Edward I promete nomear alguém que além de ter nascido no país, não falasse a língua. E enquanto permanecia na guerra, seu filho Edward II nasce e recebe o título de Príncipe de Gales. Anos mais tarde, com a união de Gales ao Reino Unido, este título foi doado à família real britânica. Pertencendo, ao príncipe Charles e que futuramente passará para as próximas gerações.

DSC00064

E embora seja um país pequeno territorialmente, sua história vasta e rica, permanece preservada nos dias atuais. O que reflete nos monumentos antigos e modernos espalhados pela cidade.

Um dos principais exemplos disso, e o mais impressionante é o Castelo de Cardiff (estrutura medieval), localizado no coração da cidade e iniciado pelos romanos quando habitavam a cidade.

DSC09935

Ainda próximo ao castelo, está localizado o Millennium Stadium (estádio de rugby/ futebol), considerado um dos maiores estádios do Reino Unido e o maior totalmente coberto (retrátil).

Já do outro lado do castelo, estão localizados o City Hall (Câmera Municipal), o prédio do Centro Cívico e o National Museum (museu). 

Os shoppings da cidade e o diversificado comércio de lojas dividem a cidade para a parte sul, onde está localizado a Baía de Cardiff, uma das zonas mais nobre da cidade após sua reforma. Conhecida também, por concentrar os bares, restaurantes e além da vida noturna da cidade, a Igreja Norueguesa e o Millennium Center (local de shows e eventos), em uma moderna estrutura.

Devido seu tamanho territorial, é possível conhecer, explorar e aproveitar a cidade em um único fim de semana. E aproveitando a dica do hotel, conhecemos também a cidade de Caerphilly (vinte minutos de trem do centro de Cardiff), que assim como a maioria das cidades galesas, possui castelos deslumbrantes.

13

DSC00126

A cidade abriga o maior castelo do país, considerado um dos poucos que ainda restam no estilo Normanda e que durante a guerra civil inglesa, uma das torres foi tombada, e hoje, apresenta uma inclinação superior à torre de Pisa.

E embora o castelo esteja em estado de recuperação, totalmente vazio e sem nenhum objeto (o oposto do castelo de Cardiff), sua construção é deslumbrante e encantadora, assim, como todo o país.

Curiosidade:

A ilha de Anglesey, localizada no país de Gales, possui a região com um dos nomes mais compridos do mundo. Se alguém conseguir pode tentar pronunciar:

Llanfairpwllgwyngyll(gogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch

Conseguiu? Então abrevia: Llanfair PG, nome com 58 letras, sendo 51 no alfabeto galês. Melhorou? OK, última ajuda.

O significado em português é: “Igreja de Santa Maria no fundão do aveleiro branco perto de um redemoinho rápido e da Igreja de São Tisílio da gruta vermelha”.

Agora ficou fácil, não?

Por isso, não vou nem questionar o nome de quem nasce lá.

PS: todas as fotos de Gales estão no Fotoblog.